Villagio Toscana, primeiro empreendimento em Goiânia da BrDU Urbanismo é sucesso de vendas

A BrDU Urbanismo comemora o sucesso do seu primeiro condomínio horizontal em Goiânia: o Villagio Toscana. Em apenas 30 dias todos 342 lotes do empreendimento foram vendidos, sendo que 90% nas primeiras 24 horas. O valor médio de cada lote entre 300 m2 e 500 m2 é de R$ 165 mil.

O Valor Geral de Venda (VGV) é da ordem de R$ 60 milhões. Até a entrega do Villagio Toscana em dezembro de 2020, a BrDU terá investido cerca de R$ 20 milhões no projeto.

“Superou em muito nossas expectativas. Inicialmente prevíamos que as vendas fossem feitas ao longo de dozes meses”, diz o diretor comercial da BrDU, Leonardo Rodrigues.

Leonardo credita o sucesso comercial à qualidade do produto e a região onde está localizado. “A região norte tem uma demanda e potencial muito grandes. Aliado a um projeto bem analisado e projetado em cima de muita pesquisa, tivemos esse resultado extraordinário, mesmo em um ano de crise para o segmento”, analisa. “Foi o produto certo no local certo”.

Presidente da BrDU, João Victor Araújo, adianta que o Villagio Toscana é o primeiro de vários empreendimentos do grupo na região norte. “Apostamos muito nessa região e já temos no nosso “land bank” outros terrenos para novos empreendimentos. A nossa intenção é lançar outros condomínios nos próximos dois anos”, conta.

Localizado na Região Norte de Goiânia, próximo ao Campus Samambaia da Universidade Federal de Goiás (UFG), o Villagio Toscana reforça a característica que a BrDU mais preza em seus empreendimentos: o espírito de viver em comunidade.

O Villagio Toscana vai gerar 300 empregos diretos, durante a obra. “A previsão é pelos próximos 15 anos vamos gerar até dois mil empregos indiretos durante a construção e também na manutenção das unidades após a entrega”, prevê João Victor.

Arquitetura e paisagismo

O Villagio Toscana tem sua arquitetura voltada para a região tida como a mais bela da Itália, que dá nome ao empreendimento. De acordo com o arquiteto que criou o projeto, Renato Cunha, a proposta contempla a arquitetura vernacular – aquela construída pelo povo – característica da Toscana que, embora simples e rústica, preza pelo conforto e pela beleza.

“Pesquisamos minuciosamente os elementos, a tecnologia e os materiais utilizados nas edificações toscanas e o que vimos foi a utilização massiva de tijolos aparentes, arcadas, rosáceas e pérgulas, itens que estão contemplados no

 

Segundo a arquiteta Yara Emi Hasegawa, responsável pelo projeto paisagístico, o conceito geral de áre

projeto. São elementos lúdicos, soltos, que complementam o projeto e se integram ao paisagismo do local”, explica.

as verdes também remete à Toscana e se inspira, em determinados locais, nas praças da Itália. Ela explica, no entanto, que a inspiração é italiana, mas a formatação do projeto, o piso, e a vegetação são diferentes, pois foram utilizadas espécies misturando o Cerrado e espécies da Itália, mas disponíveis e adaptadas ao clima local.

Outro destaque da parte externa, são as ruas compartilhadas. Yara Hasegawa também salienta a importância da memória afetiva que o paisagismo concebido para o Villagio Toscana trará ao morador, com a presença de árvores frutíferas, espalhadas pelo condomínio, para que se possa colher a fruta no pé, o que remete os adultos à infância e as crianças ao lúdico.  “Uma das escolhas foi a parreira, por remeter à região da Toscana, inspiração para a arquitetura e paisagismo do Villagio Toscana”, completa.

Com o Villagio Toscana, a BrDU Urbanismo foi uma das vencedoras do 12º Prêmio Top Imobiliário e Condominial, do SecoviGoiás de melhor projeto. O prêmio tem como objetivo reconhecer e estimular a excelência profissional nos setores imobiliário e condominial de Goiás.

Principais características

O Villagio Toscana faz parte da linha de produtos “Villagio” da BrDU caracterizada por condomínios horizontais fechados. São elementos básicos e diferenciais dos empreendimentos da BrDU itens como segurança 24 horas, asfalto, rede de energia aérea, rede de água e esgoto, academia de ginástica, pista de cooper, ciclovia, campo de futebol, playground, piscina com borda infinita, churrasqueiras, quadra de areia poliesportiva.

Um dos grandes atrativos do projeto, é o salão de festas. No Villagio Toscana o acesso é exclusivo, o que favorece a entrada dos convidados sem prejudicar a segurança interna. Outra grande atração do projeto são os equipamentos na área de lazer para PNEs. Este último, um dos principais diferenciais.

Para João Victor, esses benefícios fazem parte do DNA da empresa. “Nossa missão é criar espaços urbanos de modo sustentável, transformando terrenos em comunidades.”

Sobre a BrDU

A BrDU é uma empresa legitimamente goiana formada por sócios com vasta experiência no ramo imobiliário, no qual já atuam há mais de duas décadas, mas especialmente em loteamentos convencionais (abertos) e condomínios horizontais (loteamentos fechados). A empresa está presente em nove estados brasileiros com 12 mil lotes entregues.

Atualmente a BrDU atua em Goiás, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Maranhão e Pará.

 

Lotes em Goiânia >>